Sábado, 26 de Julho de 2014

Estudantes do IFES ganham Desafio ISA ES 2012

Quarta-feira, 05 de Setembro 2012

            A equipe de alunos do Instituto Federal do Espírito Santo (IFES) foi a grande vencedora do 1º Desafio ISA ES 2012, que objetivou estimular o estudo de conceitos e tecnologias relacionadas a área de automação, instrumentação e controle de processos. A instituição vencedora vai receber como doação 3 kits Siemens, 2 placas National, 1 kit Bray e uma pinça Amperimétrica Fluke. Os estudantes, por sua vez, vão ganhar 2 HD externos e 2 cursos ISA-ES.


            Em segundo lugar ficaram os estudantes da Faculdade Centro Leste (UCL). A instituição vai receber 1 kit Siemens e 1 placa National, enquanto que os alunos vão ganhar 1 HD externo e 2 cursos ISA ES. Na 3º colocação ficou a equipe do SENAI, com direito a 1 kit Siemens para a instituição e 2 cursos ISA-ES para os estudantes. Em 4º lugar ficou com os estudantes da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), que vão receber 1 kit Siemens e 1 curso ISA-ES.


            As equipes foram pré-selecionadas para disputar o Desafio que teve como tema desse ano os problemas ligados a conceitos e tecnologia de automação, desde a comunicação sem fio, passando por controle de processos, até instrumentação industrial, elementos finais de controle e automação predial e residencial. Todos os estudantes vão receber ainda certificados de participação e camisetas.


            Durante a competição, os estudantes tiveram que resolver, dentro de um tempo previamente estabelecido, quatro provas práticas com tarefas elaboradas pelas empresas patrocinadoras do Desafio – Bray Controls, Fluke do Brasil, National Instruments e Siemens Brasil. Os estudantes foram acompanhados por um grupo de jurados que avaliou o desempenho de cada equipe.


            O diretor de Assuntos Estudantis da ISA ES, Fransergio Leite da Cunha, revelou que o Espírito Santo inovou ao realizar o 1º Desafio ISA ES. “Acompanhamos um desafio semelhante nos Estados Unidos e trouxemos a ideia para o nosso evento. Trata-se de uma inciativa de muita importância, o qual estudantes e instituições de ensino saem ganhando”, apontou.


            Para João Pedro Quirino Filho, integrante da equipe vencedora do Desafio, ações como esta são importantes para o preparo dos estudantes para o mercado de trabalho. “Além de gerenciar melhor o nosso tempo para a resolução do problema, foi muito bom ter este contato com equipamentos mais modernos. Estamos muito felizes por ter vencido o Desafio e poder levar esses prêmios para o nosso laboratório. Sem dúvidas será muito importante para a nossa formação”, acredita.


            As empresas patrocinadoras que viabilizaram a realização do 1º Desafio ISA ES e que fizeram a doação dos kits foram a Bray, FLUKE, National Instruments e Siemens.

 

CONFIRA OS PRÊMIOS


Kits Siemens: 1 CPU 1214, 1 SIMATIC STEP 7 Basic, 1 Saídas Analógicas, 1 SIM 1274 com 8 canais, 3 cabos RJ 45 de 6m, 1 SIMATIC KTP600 PN de 5,7º, 1 Compact Switch Module CSM 1277.


Placa National: Placas de aquisição de dados portátil NI myDAQ


Kit BRAY: 1 válvula Borboleta, 1 atuador pneumático, 1 Posicionador inteligente Eletropneumático.


Pinça Fluke: Pinça Amperimétrica de Processo de Miliamperes Fluke 773, Calibradores de Processo.

 

DEPOIMENTOS:

 

Pedro Quirino Filho – IFES
            Além de gerenciar melhor o nosso tempo para a resolução do problema, foi muito bom ter este contato com equipamentos mais modernos. Estamos muito felizes por ter vencido o Desafio e poder levar esses prêmios para o nosso laboratório. Sem dúvidas, será muito importante para a nossa formação.

 

Gabriel Dias – SENAI
            Valeu a pena a experiência por ter participado do Desafio ISA ES.  Foi possível colocar em prática muitas das coisas que só conhecíamos na teoria. Além disso, tivemos que ter tranquilidade na hora de resolver os problemas, pois estávamos expostos para profissionais e grandes empresas que também estavam avaliando o nosso desempenho.

 

Pedro Henrique Calazans – UFES
            Foi uma experiência espetacular. Achei o Desafio bem inovador e num nível de dificuldade muito bom. É muito importante ter acesso a esses equipamentos mais modernos. Na universidade temos muitas aulas teóricas e nem sempre é possível aplicar na prática.


Eduardo Carlos Glazar – UCL
            Achei muito legal a ISA dedicar um espaço da feira aos estudantes. Os treinamentos para participar do Desafio foram muito bons. Estimula o estudante a correr atrás e ir além para se preparar melhor para atuar no mercado. Gostei bastante e tenho certeza que isso será importante para o meu curriculum. Além disso, essa participação facilita ampliar o nosso network e nos aproximar mais das empresas empregadoras.


Sergio de Oliveira – Avaliador
            A avaliação tomou como base os fundamentos da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e conceituamos parâmetros com pesos diferenciados divididos em três etapas: Segurança e organização; Utilização e domínio dos recursos; e o Operacional. O desempenho dos estudantes assim como o nível das questões estava muito bom. É uma iniciativa que merece ser aplaudida e continuar nos próximos anos.


Bray – Marcelo Nery
            O Desafio foi muito importante para os estudantes, que colocaram em prática os ensinamentos aprendidos na sala de aula; para as instituições, que contarão com equipamentos modernos em seus laboratórios; e para a instituição ISA ES, que fortalece suas ações dentro das universidades e centros de formação técnica. Ficamos muito felizes em fazer parte dessa cadeia e queremos continuar apoiando iniciativas como estas.


Siemens – Claudemir Silva
            Conseguimos alcançar o nosso objetivo que era de trazer produtos da área de automação para a comunidade estudantil, premiando e trazendo conhecimento para aqueles que em breve estarão no mercado de trabalho. Pretendemos participar das próximas edições, fortalecendo os laços entre a Siemens, os estudantes e as instituições de ensino.


Fluke – Marcos Antonio Leme
            O Desafio ISA ES é um importante investimento da parte educacional. É preciso levar estes equipamentos utilizados no mercado para dentro das instituições. Muitas vezes, os alunos precisam utilizar equipamentos velhos e sucateados. Com este desafio e a doação de equipamentos mais modernos estamos promovendo a atualização desses processos e introduzindo nesses jovens um momento ímpar em suas carreiras.


National Instruments – Felipe Silva
           A ideia da criação desse desafio foi muito bem vista por todos da National Instruments. Ele estimula os estudantes a colocar em prática aquilo que aprenderam na sala de aula e contribui para que as instituições de ensino tenham acesso a essas ferramentas utilizadas no mercado profissional. Sem dúvidas, os alunos sairão mais bem preparados.

Indique esta notícia a um amigo!

De:

Para:



Ultimas Notícias

© Copyright 2009 - Todos os direitos reservados.